Transporte ferroviário no corredor entre Brasília e Goiânia é discutido em reunião

Transporte ferroviário no corredor entre Brasília e Goiânia é discutido em reunião

Transporte ferroviário no corredor entre Brasília e Goiânia é discutido em reunião

Notícias

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou, nesta terça-feira (21/6), a primeira sessão da Reunião Participativa nº 003/2016, que recebe contribuições referentes aos estudos de viabilidade técnica, econômica e socioambiental (EVTEA) para o desenvolvimento estratégico do transporte ferroviário de passageiros e cargas no corredor Brasília (DF) – Goiânia (GO).
Estudos – A agência reguladora divulgou os estudos de viabilidade para exploração do serviço de transporte ferroviário de Brasília a Goiânia. Os documentos englobam a avaliação de alternativas de traçado e de localização das estações, de tecnologias, além dos aspectos econômico-financeiros e socioambientais, de modo a dotar a região de trens de passageiros modernos, confortáveis e seguros.
Para implantar essa nova ligação ferroviária, os estudos preveem a participação da iniciativa privada e um prazo de concessão de 30 anos.
Passageiros – Segundo os estudos, a previsão é que, no primeiro ano de operação, mais de 40 milhões de passageiros sejam transportados numa velocidade de até 160 quilômetros por hora, em um percurso de 95 minutos entre Brasília e Goiânia.
O serviço semiurbano vai gerar um elevado benefício social com baixo investimento adicional. Sua tarifa será integrada ao sistema metropolitano, com partilha de receita.
O projeto apresenta boa viabilidade econômica e se torna atrativo ao investidor privado com a participação pública no investimento.
Os estudos ainda verificaram as possibilidades de operação de trens de passageiros, sendo um regional, que percorrerá os trechos Brasília – Goiânia e Brasília – Anápolis, e outro semiurbano, que fará Brasília – Águas Lindas, Brasília – Santo Antônio do Descoberto e Goiânia – Anápolis.
Investimentos nesse transporte, incluindo o regional e semiurbano, estão estimados em cerca de R$ 8 bilhões.
Cargas – Para o transporte de cargas, os estudos preveem um investimento de cerca de R$ 2 bilhões para operação de trens que transportarão produtos como soja, farelo de soja, milho, cimento, etanol, combustíveis, entre outros produtos.
Para mais informações, consulte os documentos no site da ANTT. A segunda sessão da reunião será realizada amanhã (23/6), em Goiânia (GO), e contribuições poderão ser enviadas até o dia 11/7, para o e-mail rp32016@antt.gov.br.

SERVIÇO
Reunião Participativa
Data: 23/6
Horário: das 15h às 17h
Local: Sala Império Romano – Plaza Inn Augustus Hotel – Av. Araguaia, 702 – Setor Central, Goiânia/GO

Fonte: ANTT

Posts Relacionados

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

27/01/2023

Notícias

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

🗓️ Confira as datas: 27 de Fevereiro | Abertura e Premiação | Presencial | B3 28 de Fevereiro | Conferência | Presencial | Centro de Convenções Frei Caneca 🚨Informações https://lnkd.in/dnytsxEc

Saiba mais
Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

27/01/2023

Notícias

Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

Após o período de testes e ajustes nos equipamentos, cobrança efetiva deve acontecer a partir de março A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR RioSP, concessionária responsável pela BR-116/101/RJ/SP, iniciam, […]

Saiba mais
ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

23/01/2023

Notícias

ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

A sessão pública acontece dia 13/2   AAgência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou a Deliberação nº 3 que comunica a realização da Audiência Pública nº 2/2023 sobre a proposta de revisão e atualização da […]

Saiba mais