Ministro dos Transportes expõe concessões previstas para o Pará

Ministro dos Transportes expõe concessões previstas para o Pará

Ministro dos Transportes expõe concessões previstas para o Pará

Notícias

O Ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, detalhou nesta segunda-feira (22/6), em Belém, os empreendimentos previstos para concessões no Pará, dentro do Programa de Investimentos em Logística (PIL) 2015/2018 do governo federal. A apresentação dá continuidade à série de reuniões técnicas promovidas pelo ministro e equipe para apresentar o programa nos estados envolvidos. As primeiras reuniões foram realizadas na última sexta-feira (19/6) em Florianópolis (SC) e Curitiba (PR).
De acordo com Antonio Carlos Rodrigues, a inclusão do estado do Pará no PIL tem como principal objetivo desenvolver a logística regional. “A cada ano que passa o estado é cada vez mais demandado e exige uma infraestrutura integrada para atender o escoamento da produção local e nacional”, afirmou o ministro.

A nova etapa do PIL, lançada no dia 9 deste mês, dá andamento ao processo de modernização da infraestrutura de transportes do país. O ministro ressaltou que o PIL irá contemplar obras prioritárias no estado trazendo benefícios para produção agrícola da região, interligando todos os modais. “Aqui, rodovias, ferrovias e o transporte de cabotagem vão trabalhar juntos para desenvolver o país”, concluiu.

BR 163 – A obra rodoviária prevista para o estado do Pará no PIL é a concessão de trecho da BR 163/MT/PA que vai de Itaituba, no Pará, a Sinop, no Mato Grosso. O trecho, de 973 km, irá aumentar o escoamento de grãos pelos portos do Arco Norte. São investimentos previstos de R$ 6,6 bilhões pela iniciativa privada. O leilão para a concessão está previsto para este ano.

Em ferrovias, o PIL inclui a Ferrovia Norte-Sul, entre Barcarena, no Pará, e Açailândia, no Maranhão. Este trecho está no lote a ser concedido que engloba outro trecho da Ferrovia Norte-Sul, entre Anápolis (GO) a Palmas ( TO). Os investimentos para o lote, com extensão total de 1.430 km, serão de R$ 7,8 bilhões. O empreendimento também irá impulsionar a saída de grãos e outros produtos pelos portos da região Norte para a exportação a outros países.
A ferrovia entre Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, e Miritituba, no Pará, também está no programa de concessões anunciado pelo governo. Com 1.140 km, o trecho ferroviário vai proporcionar o escoamento da produção agrícola da região Centro-Oeste
Fonte – Ministério dos Transportes

Posts Relacionados

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

27/01/2023

Notícias

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

🗓️ Confira as datas: 27 de Fevereiro | Abertura e Premiação | Presencial | B3 28 de Fevereiro | Conferência | Presencial | Centro de Convenções Frei Caneca 🚨Informações https://lnkd.in/dnytsxEc

Saiba mais
Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

27/01/2023

Notícias

Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

Após o período de testes e ajustes nos equipamentos, cobrança efetiva deve acontecer a partir de março A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR RioSP, concessionária responsável pela BR-116/101/RJ/SP, iniciam, […]

Saiba mais
ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

23/01/2023

Notícias

ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

A sessão pública acontece dia 13/2   AAgência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou a Deliberação nº 3 que comunica a realização da Audiência Pública nº 2/2023 sobre a proposta de revisão e atualização da […]

Saiba mais