Ministro dos Transportes destaca concessões de ferrovias na Amazônia Legal

Ministro dos Transportes destaca concessões de ferrovias na Amazônia Legal

Ministro dos Transportes destaca concessões de ferrovias na Amazônia Legal

Notícias

Ao participar na última sexta-feira (24/7) do 11º Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, em Manaus (AM), o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, destacou os investimentos na área de transportes para os estados da Amazônia Legal. Na segunda etapa do Programa de Investimentos em Logística (PIL), lançada em junho último, “ quatro estados da Amazônia Legal foram contemplados com cerca de 2 mil quilômetros de rodovias e mais de 4,6 mil quilômetros de ferrovias”, ressaltou o ministro. Também presentes no encontro, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o ministro chefe de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, além de governadores da região. Durante os debates, que envolvem financiamento público da saúde, soluções de logística e outros temas de interesse dos estados que compõem o bloco amazônico, Antonio Carlos Rodrigues expôs os investimentos da iniciativa privada que estão previstos no PIL, já em 2015, como o leilão da BR-163, trecho entre Sinop (MT) e Miritituba (PA). “Esse leilão envolve recursos de R$ 6,6 bilhões, que serão aplicados em melhoramentos e na duplicação desse importante eixo logístico, estratégico para o escoamento da produção agrícola brasileira”, reafirmou. Para as ferrovias, o ministro destacou os investimentos previstos em três estados da Amazônia Legal incluídos no projeto da Ferrovia Bioceânica. “A Bioceânica permitirá a saída do Brasil para o Oceano Pacífico com efeitos positivos e transformadores para nossa economia”, disse. O trecho brasileiro da Bioceânica deverá ter extensão total de 3,5 mil quilômetros, dos quais quase 3 mil quilômetros ficam na Amazônia Legal, cruzando os estados de Mato Grosso, Rondônia e Acre”, enfatizou.

PAC

O ministro lembrou também os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que envolve a Amazônia Legal. “Dos projetos do PAC voltados para a região, nove já estão concluídos, como a ponte sobre o Rio Madeira, em Rondônia, e a ponte internacional sobre o Rio Oiapoque, que liga o Amapá à Guiana Francesa”, concluiu.
Fonte – Ministério dos Transportes

Posts Relacionados

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

27/01/2023

Notícias

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

🗓️ Confira as datas: 27 de Fevereiro | Abertura e Premiação | Presencial | B3 28 de Fevereiro | Conferência | Presencial | Centro de Convenções Frei Caneca 🚨Informações https://lnkd.in/dnytsxEc

Saiba mais
Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

27/01/2023

Notícias

Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

Após o período de testes e ajustes nos equipamentos, cobrança efetiva deve acontecer a partir de março A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR RioSP, concessionária responsável pela BR-116/101/RJ/SP, iniciam, […]

Saiba mais
ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

23/01/2023

Notícias

ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

A sessão pública acontece dia 13/2   AAgência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou a Deliberação nº 3 que comunica a realização da Audiência Pública nº 2/2023 sobre a proposta de revisão e atualização da […]

Saiba mais