Governo de Pernambuco anuncia terminal de minérios de R$ 1,5 bilhão no Porto de Suape

Governo de Pernambuco anuncia terminal de minérios de R$ 1,5 bilhão no Porto de Suape

Governo de Pernambuco anuncia terminal de minérios de R$ 1,5 bilhão no Porto de Suape

Notícias

O empreendimento vai viabilizar a construção da Ferrovia do Sertão, uma solução à conclusão da Transnordestina até o porto.

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (26), a instalação de um Terminal de Granéis Sólidos Minerais no Porto de Suape. Na modalidade de Terminal de Uso Privado (TUP), o empreendimento será operado pela empresa Planalto Piauí Participações e Empreendimentos S.A., integrante do grupo Bemisa Brasil Operação Mineral S.A., mineradora autorizada pelo governo federal a implantar e explorar a Ferrovia do Sertão (EF233), nos 717 quilômetros entre Curral Novo (PI) e o porto pernambucano.

Para a construção do terminal será investido R$ 1,5 bilhão, com a estimativa de movimentar anualmente 13,5 milhões de toneladas de minério de ferro, com previsão de início para o ano de 2025, vai gerar mais de 3 mil empregos, entre diretos e indiretos.

O terminal está localizado dentro dos limites da Zona Industrial Portuária (ZIP), na Ilha de Cocaia, e o sistema logístico, viabilizado a partir da implantação do empreendimento, apresenta-se como alternativa à conclusão da Ferrovia Transnordestina até o Porto de Suape.

A ferrovia vai viabilizar a exportação de minério de ferro que o grupo empresarial explora no município de Curral Novo, onde há uma jazida com 800 milhões de toneladas de ferro, maior reserva mineral daquele Estado e uma das maiores do País.

Com a malha ferroviária, o porto poderá movimentar desde os grãos de soja de Matopiba, na região entre os Estados do Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão, até as frutas do São Francisco e a gipsita do Sertão do Araripe, além de interiorizar cargas como combustíveis, gás de cozinha, cargas conteinerizadas, veículos, entre outras mercadorias, consolidando sua integração à rede logística da região.

O grupo BEMISA, um dos maiores do País no ramo de exploração e exportação de minérios, é o investidor privado que vem tratando sobre o terminal com o Governo de Pernambuco desde 2019, para escoar o minério por Suape. Sediada em Minas Gerais, a empresa formalizou junto ao Ministério da Infraestrutura, no dia 2 de setembro deste ano, o interesse em viabilizar a ferrovia. Presente em sete Estados brasileiros, tem um portfólio de nove projetos, que englobam minério de ferro, ouro, níquel, fosfato e calcário.

Fonte: Portos&Navios

Posts Relacionados

ANUT participa de Audiência com o Ministro dos Transportes

17/03/2023

Notícias

ANUT participa de Audiência com o Ministro dos Transportes

Foi realizada ontem, 16/março, na Esplanada dos Ministérios em Brasília, Audiência com o Ministro dos Transportes Renan Filho para apresentar o Conselho Diretor da ANUT e tratar de temas de interesse dos associados. […]

Saiba mais
ANUT participa do P3C (PPP e Concessões)

06/03/2023

Notícias

ANUT participa do P3C (PPP e Concessões)

O Presidente Baldez participou no último 28/fevereiro, em São Paulo, como moderador do P3C (PPP e Concessões) – Painel “RODOVIAS: O QUE É PRECISO FAZER PARA QUE O RCR ATINJA SEUS OBJETIVOS?” O […]

Saiba mais