Custo da ferrovia Nova Transnordestina sofrerá aumento, diz presidente da Valec

Custo da ferrovia Nova Transnordestina sofrerá aumento, diz presidente da Valec

Custo da ferrovia Nova Transnordestina sofrerá aumento, diz presidente da Valec

Notícias

O orçamento da construção da ferrovia Nova Transnordestina deve sofrer aumento de quase 50% devido à inflação do real, é o que diz o presidente da Valec Engenharia Construções e Ferrovias S.A, Mário Rodrigues Júnior. O orçamento inicial da ferrovia estava previsto em R$ 7,5 bilhões em 2013, e, segundo o presidente, poderá chegar a R$ 11 bilhões, na nova cotação do real, devido a acréscimos na obra.

A Nova Transnordestina é uma obra ferroviária que liga o Porto de Pecém, no Ceará, ao Porto de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins, num total de 1.753 km.

A Valec Engenharia é acionista da concessionária Transnordestina Logística S.A (TLSA). De acordo com a Lei 11.772/08, compete à Valec coordenar e executar a construção da ferrovia.

Segundo Mário Rodrigues, 56% da obra já estão concluídos, porém, já foram aplicados 80% do capital inicial. Ele afirmou que o custo para a construção de 1 km de ferrovia está orçado em R$ 6 milhões, o que elevaria o custo do projeto para aproximadamente R$ 10,5 bilhões.

O assessor especialista da Superintendência de Desenvolvimento Operacional da Valec, Iltamar de Oliveira Mendonça, afirmou ser necessário um novo aporte para quitar o reajuste, que com acréscimo pode chegar até R$ 11 bilhões. Ele afirmou que, devido a parcerias e acordos feitos pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), o aporte inicial da Valec que era de R$ 230 milhões, subiu para R$ 980 milhões.

Audiência pública sobre atuação e responsabilidade da Valec Engenharia Construções e Ferrovias S.A, acionista da Transnordestina Logística S.A (TLSA) – Concessionária que conduz a obra da Ferrovia Nova Transnordestina. Em destaque, dep. Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE)

Raimundo Gomes de Matos: a previsão é que, depois de concluída, a ferrovia possa transportar 30 milhões de toneladas por ano.

Desigualdade regional

Na opinião do deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB–CE), que presidiu a audiência pública da Comissão Externa da Construção da Ferrovia Nova Transnordestina, nesta quarta-feira (16), a ferrovia diminuirá a desigualdade regional nordestina.

O projeto intenciona elevar a competitividade da produção agrícola e mineral da região, unindo a ferrovia a portos que podem receber navios de grande porte. A previsão é que, depois de concluída, a ferrovia possa transportar 30 milhões de toneladas por ano. As obras foram iniciadas em janeiro de 2010.

Requerimentos aprovados

Após a audiência, os parlamentares aprovaram dois requerimentos do deputado Raimundo Gomes de Matos. Um deles pede audiência pública com o diretor de Infraestrutura Ferroviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Mário Dirani. O outro prevê a realização de reuniões técnicas com parlamentares das Assembleias Legislativas dos três estados beneficiados com a obra para discutir ações que viabilizem a conclusão da ferrovia no mais curto prazo.

 

Fonte – Jornal Floripa

Posts Relacionados

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

27/01/2023

Notícias

ANUT participará do evento P3C PPP e Concessões no Painel sobre RCR!

🗓️ Confira as datas: 27 de Fevereiro | Abertura e Premiação | Presencial | B3 28 de Fevereiro | Conferência | Presencial | Centro de Convenções Frei Caneca 🚨Informações https://lnkd.in/dnytsxEc

Saiba mais
Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

27/01/2023

Notícias

Free Flow tem início na BR-101/RJ (Rio-Santos) na segunda-feira (30/1)

Após o período de testes e ajustes nos equipamentos, cobrança efetiva deve acontecer a partir de março A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR RioSP, concessionária responsável pela BR-116/101/RJ/SP, iniciam, […]

Saiba mais
ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

23/01/2023

Notícias

ANTT abre Audiência Pública sobre o Vale-Pedágio obrigatório

A sessão pública acontece dia 13/2   AAgência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou a Deliberação nº 3 que comunica a realização da Audiência Pública nº 2/2023 sobre a proposta de revisão e atualização da […]

Saiba mais